terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Para ti JM


E desde então, sou porque tu és

E desde então és sou e somos...

E por amor

Serei... Serás...Seremos...


(Pablo Neruda)

CHRISTMAS TREE - Já está feita :)


O tempo voa.

Parece que foi ontem e afinal... já passou mais um ano, estamos de novo no Natal.

Este vai sem dúvida ser diferente, mas igualmente belo.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

De volta

Estou de volta.
Estive uns dias afastado do Blog e de quase tudo em geral, mas foi mesmo necessário. Estava a precisar de me encontrar a mim mesmo.
Agora que finalmente me mentalizei da minha nova condição de vida, estou mais que nunca decidido a seguir em frente de cabeça erguida e viver um dia de cada vez.
Sei que vou ter dias menos bons, dias em que certamente vou estar triste e sem vontade de nada, mas tambem sei que aí vou ter o apoio de quem mais amo na vida, o meu namorado.
"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-se do sofrimento, também perde a felicidade." ( Mary Cholmondeley )


video

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

RENASCER


Hoje chorei de alegria.

Após um fim de semana de tristeza, choros e recordações, eis que recebo uma boa notícia.

Saiu o resultado do teste Elisa do meu namorado.

ELE NÃO ESTÁ CONTAMINADO!
Foi a melhor coisa que me podiam ter dito.

Senti que lhe devolvi a vida que lhe tinha retirado na sexta feira.

As lágrimas correram pelo meu rosto, mas desta vez eram de alegria.

Já eu não tive a mesma sorte, fiz 2 testes Elisa e ambos foram positivos.

Hoje e para descargo de consciência fiz o Western Blot.

Quinta feira terei o resultado.



"Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado. Mas nada pode ser modificado até que seja enfrentado " James Baldwin


J.A

O CICLO DA VIDA


domingo, 23 de novembro de 2008

OBRIGADO A TODOS

Hoje foi o dia de acordar com a minha nova realidade.
Foi duro, muito duro mesmo.
Afinal não foi um sonho menos bom, é mesmo verdade.
De hoje em diante tenho que aprender a viver e aceitar esta minha nova vida, com tudo de bom e mau que ela ainda me venha a proporcionar.
O meu muito obrigado a todos os que me deixaram mensagens de apoio e carinho.
As vossas palavras deram-me alguma luz neste dia dificil.
Mais uma vez, obrigado pela vossa ajuda.
J.A

sábado, 22 de novembro de 2008

ESTOU UM FARRAPO!

Quando criei este blogue, estava longe de imaginar que o mau pedaço que tinha passado nos últimos dias não era nada, comparado com o que aconteceu hoje.
Esta tarde arrancaram o meu coração, sinto que deixei de viver!
Sou homosexual e tenho uma relação de 6 anos.
No final do mês fui de férias com o meu namorado e um casal de amigos.Tudo indicava que iria ser uma semana no paraiso, mas o que se veio a revelar foi bastante diferente.Estive uma semana inteira com febre muito alta e com uma sensação de extremo cansaço no corpo.Parecia que tinha sido agredido, sentia-me sem forças e com o corpo completamente "moído".Quando regressei a Portugal, fui de imediato ao hospital ver o que se passava.Fiz uma data de exames, fui medicado e fui mandado para casa repousar.No dia seguinte como a febre não baixava nem com a medicação, voltei ao hospital e desta vez para ser internado.Durante o internamento fiz várias colheitas de sangue.Os resultados nem todos foram conclusivos, logo teria que voltar a repetir algumas analises.Bastaram duas noites com medicação forte e muito soro nas veias, para as melhoras "aparentes"começarem a surgir.Fiquei contente, ia voltar para casa.Durante a semana fui repetir as ditas analises e a consulta ficou marcada para estar tarde.Duas da tarde e lá estava eu e o meu namorado no hospital.Calmo e bem disposto, sem qualquer tipo de sintoma de febre ou fadiga e sem imaginar o que me iria acontecer.Entrei para o consultório e a consulta começou.Conversa e mais conversa, talvez para preparar terreno e num abrir e fechar de olhos.....foi me dito que o resultado de uma das analises não estava muito bom...BUMMMMMMM!!! Fui confrontado com uma nova realidade.Agora sou seropositivo!Foi o pior momento da minha vida, fiquei sem chão, o mundo desabou sobre mim, fiquei sem forças, com vontade de vomitar.Sinto-me um verdadeiro farrapo.Sinto que nada mais faz sentido, que nada mais existe, apenas um vazio enorme e uma terrivel sensação de culpa.Culpa, uma culpa tão grande que me corta a respiração.Destruí a minha vida e como se isso fosse pouco, destruí a do meu namorado tambem.São quase seis da manhã e não consigo dormir.Não paro de pensar no que irá ser de mim, de nós, como será a vida daqui em diante.Será que vale a pena viver?Irei aguentar? Será que vamos sofrer?Sei que nunca tinha sentido medo e hoje é um sentimento que não desaparece.
Estou apavorado.

J.A